Fórum do Litoral, Interior e Grande São Paulo é formado por artistas, produtores e gestores culturais de mais de 80 municípios, do Estado de São Paulo, somando mais de 150 participantes para debater o desenvolvimento das Artes da Cena e das Políticas Públicas no que se refere à formação, pesquisa, produção e difusão cultural, no intuito de oferecer alternativas que garantam a continuidade e a permanência do artista cênico em sua região.

Em função dos avanços e conquistas substanciais na produção artística fora da capital, o FLIGSP formou-se com o objetivo de construir um novo olhar e reformular ações que contemplem esta produção, garantindo aos artistas o acesso verdadeiramente democrático e amplo a programas e verbas públicas estaduais, bem como as condições de desenvolvimento de trabalho artístico em suas cidades e regiões, evitando assim o êxodo involuntário dos artistas e garantindo o acesso da população local às suas referências culturais, simbólicas e arquetípicas.

FLIGSP acredita que através da ação coletiva da sociedade civil organizada é possível provocar a reflexão e o desenvolvimento dos sensos estético e ético, compartilhados pela comunidade, tão necessários para o desenvolvimento de seu patrimônio imaterial e indispensáveis para a construção do sentimento de pertencimento e orgulho da identidade do povo que constitui a cultura de uma nação.

Como funciona?

A instância inicial e mais superior de participação do Fórum do Litoral, Interior e Grande São Paulo são os Encontros Presenciais que acontecem anualmente, de modo itinerante em todo o estado de São Paulo, desde 2007 e de onde saem as principais deliberações do movimento e pautam sua atuação.

Além disso, é mantido um fórum virtual que mantêm as discussões, ações e articulações durante todo ano entre os fazedores de cultura de todo o estado. Esse é também espaço de deliberação do movimento e por onde muita coisa é comunicada e decidida entre os encontros presenciais.

E finalmente temos os Grupos de Trabalho, que são formados e renovados em cada encontro presencial. Cada Grupo de Trabalho, ou GT, foi criado para dinamizar e dividir o trabalho necessário para fazer acontecer as decisões dos Encontros Presenciais; com foco de atuação bem definido e certa independência para tratar e decidir os assuntos pertinentes ao seu trabalho, eles podem ser criados e extintos de ano a ano. Atualmente os GTs em atividade são o GT de ArticulaçãoGT de Comunicação e o GT de Formação de Pensamento.

Deixe um Comentário